Vinte jovens recebem formação em Cuidadora de Infância A ação de formação inicia-se esta terça-feira e prolonga-se durante três meses, envolvendo quinze formandas de Santa Catarina e cinco de São Salvador do Mundo   Vinte jovens mulheres dos concelhos de Santa Catarina e de São Salvador do Mundo vão ter uma formação de 3 meses, na á See more details
“Konfiansa na nha País” junta multidão na Zona Pedonal Milhares de pessoas, maioritariamente jovens, responderam ao apelo e disseram “presente” a Beto Alves e Ulisses Correia e Silva. Em antecipação ao dia Internacional da Juventude, a comemoração foi rija e a festa continuou com Garry, Soraia Ramos, Tony Fika e Titio de Belo Freire   U See more details
Incubadora de Negócios gera emprego para 11 jovens As oportunidades surgiram no âmbito da 1ª Feira das Empresas, de Emprego e do Empreendedorismo, organizada pela Incubadora de Negócios de Santa Catarina   Apenas com um mês da atividade, a Incubadora de Negócios de Santa Catarina começa a apresentar resultados. No último sábado, 10, See more details

Avaliação do Usuário

Star inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactiveStar inactive
 

Assomada, 02 Ago (Inforpress) - A ministra das Comunidades, Fernanda Fernandes, desafiou hoje os emigrantes de Santa Catarina a fazerem “algo diferente”, no sentido de contribuírem para o desenvolvimento de Cabo Verde.

O repto foi lançado durante um encontro, na cidade de Assomada, que reuniu os emigrantes do concelho em férias e representantes de instituições financeiras e ligadas ao investimento, para abordar as oportunidades de negócios em Santa Catarina.

“O desafio que lanço hoje é para vocês pensarem sobre o que é que podem fazer de diferente para contribuir para o desenvolvimento do município e do país”, disse a ministra sugerindo que a área da agricultura e pecuária pode ser “extremamente importante” para a economia nacional e também para as famílias.

Durante o encontro, o presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, Francisco Tavares, apresentou aos emigrantes diversas opções que podem constituir oportunidades de negócios.

“Hoje temos grandes projectos de negócios para Santa Catarina. Vamos ter, dentro em breve, uma grande indústria de produção de carne, e, neste sentido, todos os emigrantes que queiram aderir podem comprar as suas acções”, sugeriu o autarca.

Um entreposto de produtos agrícolas, investimento nos ramos imobiliários, bem como na construção civil foram outros sectores apontados por Francisco Tavares, como potenciais áreas de investimento.

O encontro foi também oportunidade para a assinatura de um memorando de entendimento entre a Câmara Municipal e o Ministério das Comunidades, que traz como um dos pontos essenciais a isenção do Imposto Único sobre o Património (UIP) por parte dos emigrantes.

O evento é promovido anualmente pela Câmara Municipal de Santa Catarina, com o propósito de incentivar os emigrantes a investirem mais no seu concelho ao invés de estarem a aplicar as suas economias noutras paragens

Fonte: Inforpress


banner-video 2

cabBoletim

IPB-cursos-tecnicos-2019-2020-2

IPB-candidaturas-2019-2010-2

artes-decorativas-card-2

igae

plano-estrategico-santiago-2

guia-turistico-capa

Encontre-nos

Paços do Concelho
Largo Gustavo Monteiro
Cidade de Assomada, C.P. nº37
P: (+238) 938 45 55

[email protected]

© Sítio da CM de Santa Catarina 2019