Francisco Tavares regozija-se com a nomeação deste filho de Santa Catarina como Cardeal Eleitor do Vaticano e sublinha “o espírito altruísta, o humanismo e a dedicação à causa e à felicidade dos povos” do Bispo de Santiago

Em nome da Câmara Municipal de Santa Catarina e em seu próprio nome, o Presidente Francisco Tavares endereçou uma mensagem de felicitações ao Bispo de Santiago, Dom Arlindo Furtado, que acaba de ser nomeado Cardeal Eleitor do Vaticano pelo Papa Francisco.

“A Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago formula o seu regozijo por esta nomeação que representa, a nosso ver, um grande reconhecimento para a Igreja Católica de Cabo Verde, na pessoa de um filho de  Santa Catarina de Santiago,  renova e reforça o orgulho dos santacatarinenses e de todos os cabo-verdianos”, escreve o Edil em carta remetida ao Bispo de Santiago.

Segundo o Edil, “o espírito altruísta, o humanismo e a dedicação à causa e à felicidade dos povos e a entrega (…) à Igreja Cabo-verdiana” foram “reconhecidos pelo Papa Francisco”.

Francisco Tavares termina a missiva endereçando a Dom Arlindo as suas felicitações pessoais e da Edilidade e “votos de boa saúde e de longos  anos de vida, ao serviço da Igreja de Cabo Verde e da Igreja universal”.

Filho de Santa Catarina

Dom Arlindo Gomes Furtado nasceu em 1951 e é natural de Achada Lem, Santa Catarina de Santiago. Em 1963 deu entrada no Seminário Menor de São José onde fez os seus estudos secundários. Em 1971 partiu para a cidade portuguesa de Coimbra onde frequentou o Seminário Maior e concluiu o curso de Teologia no Instituto de Estudos Teológicos, tendo regressado a Cabo Verde em 1976.

Ordenado Diácono pelo bispo Dom Paulino Évora, em 1976, partiu para Roma em 1986, obtendo nesta cidade a licenciatura em Sagrada Escritura, no Pontifício Instituto Bíblico e regressando ao arquipélago em 1990, altura em que durante um ano deu aulas de inglês no liceu Domingos Ramos, na cidade da Praia.

No ano seguinte (e até 1995) foi responsável pela cadeira de Antigo Testamento no Instituto de Estudos Teológicos de Coimbra. Regressa a Cabo Verde quatro anos depois, assumindo funções na paróquia de Nossa Senhora da Graça, sendo mais tarde membro do Conselho Nacional de Educação e professor da Escola de Formação da Polícia, e até 2004 vigário-geral da diocese de Cabo Verde, ano em que foi consagrado Bispo de Santiago

A 4 de Janeiro deste ano foi nomeado cardeal pelo Papa Francisco, no decurso do Consistório Ordinário Público. É o primeiro cabo-verdiano a receber esta distinção.

(foto: África21)

 


Encontre-nos

Paços do Concelho
Largo Gustavo Monteiro
Cidade de Assomada, C.P. nº37
P: (+238) 938 45 55

[email protected]

© Sítio da CM de Santa Catarina 2020