IMG 0671

A Câmara Municipal de Santa Catarina promoveu este sábado,30 de Julho, encontro com os emigrantes de Santa Catarina com o intuito de dar a conhecer a comunidade radicada na diáspora as oportunidades de investimento no município.

O Encontro que teve lugar no salão Nobre da Câmara Municipal contou com a presença da Assessora do Ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades, Anabela Santos, foi o momento em que os emigrantes conheceram as instituições descentralizadas do estado no concelho e ainda para exporem os seus anseios e preocupações.

João Cirilo é um emigrante radicado nos Estados Unidos que preocupa com o bom funcionamento do seu concelho admitiu que já foi feita muitas infraestruturas no concelho que dá oportunidades de negócios para os emigrantes.

João Cirilo partilha de opinião com outros emigrantes, de que Santa Catarina deveria ter uma Alfandega que sem dúvida alguma facilitaria o levantamento dos seus produtos e ainda reconheceriam o trabalho árduo que os emigrantes têm para conseguirem enviar quaisquer cargas para o país de origem.

IMG 0726

Por sua vez o edil, Francisco Tavares realçou que esse encontro de emigrante manifesta a elevada sintonia da Câmara Municipal sobre questões essenciais designadamente a oportunidade de investimento neste concelho mas especialmente a alfândega cá em Assomada.

“Foi uma decisão errada, centralizadora e penalizadora dos emigrantes, e nós estaremos juntamente com os emigrantes de Santa Catarina e todas as forças vivas de Santa Catarina e Santiago Norte para lutar tão breve possível para que seja de novo trazida a Alfandega para Assomada porque é essencial para facilitar a vida dos emigrantes e os negócios no concelho”, advogou o autarca.

Francisco Tavares sublinhou que o município de Santa Catarina tem como experiência quase única em Cabo Verde a triangulação da cooperação centralizada, ou seja, o essencial da cooperação que fazem com os municípios estrangeiros fazem em triangulação com as comunidades emigradas.

O autarca santa-catarinense afirmou que tem orgulho em dizer que foram os emigrantes de Santa Catarina que abriram as portas para cooperação para Amiens Metropole e com Saint-Denis que existe hoje uma grande cooperação entre esses municípios, e por esta via procuram ganhar novos horizontes sobretudo fazer com que cada vez mais os emigrantes possam participar no processo de cooperação entre este município e os municípios estrangeiros bem como as associações estrangeiras e que possam cada vez mais mobilizar recursos lá fora.

O Presidente da Câmara Municipal, Francisco Tavares agradece os emigrantes de Santa Catarina que já fizeram muito para este concelho em termos de investimento na área de habitação, hotelaria, no transporte e essencialmente no investimento no capital humano a mobilidade social ascendente que ocorreu aqui em Santa Catarina nos últimos 30 anos que deve-se especialmente aos trabalhos de emigrantes.

A Assessora dos Ministro de Negócios Estrangeiro, Anabela Santos, congratula com a iniciativa da Câmara Municipal em promover encontros com emigrantes que serve como ponte daquilo que está passar aqui e daquilo que está a passar lá fora.

Anabela Santos assegurou que uma das missões do ministério é de promover a ligação entre a diáspora cabo- Verdiana e Cabo Verde e esses encontros dão aos emigrantes voz e vez para que possam trazer preocupações e o ministério de melhor forma possível irá assegurar que as revindicações feitas pelos emigrantes possam ser resolvidas.


Encontre-nos

Paços do Concelho
Largo Gustavo Monteiro
Cidade de Assomada, C.P. nº37
P: (+238) 938 45 55

[email protected]

© Sítio da CM de Santa Catarina 2020