Praça Central acolhe “Rakodja” de Bob Mascarenhas

É já este sábado, às 22h00, que o músico sobe ao palco com Carlos Lopes (o artista convidado). Antes, a partir das 20h00, é tempo e voz para Estrela d’Alve, Zé di Viola e Six Finger’s

 

A Praça Central de Assomada acolhe este sábado, 28, a apresentação de Rakodja”, o último trabalho discográfico de Bob Mascarenhas, contando com a presença de Carlos Lopes, o artista convidado por Bob.

O concerto tem lugar às 22h00, mas é antecedido da atuação de vários artistas, logo a partir das 20h00. Pelo palco irão passar Estrela d’Alve, Zé di Viola e Six Finger’s, num espetáculo que encerra a Agenda Cultural da 1ª Semana da Qualidade.

“Rakodja” é o segundo trabalho discográfico de Bob Mascarenhas que, anteriormente, nos havia prendado com “Rapacinhu Lantuna”, lançado em 2011, numa homenagem ao seu mestre e mentor Orlando Pantera, falecido dez anos antes (2001). “Rakodaja”, aliás, foi o nome adotado por Pantera para um grupo fundado em Assomada há duas décadas.

Para este trabalho, Bob Mascarenhas contou com composições de Sílvio Brito, João de Sousa, Ju di Pina, Jorge Tavares, Filipino Martins, Samir Silva e Batiman, que escreveram temas para “Rakodja”, numa grande variedade de estilos, onde o batuco, o funaná, e a coladeira têm expressão maior, sem descurar outras influências assumidas claramente pelo músico e cantor: o jazz, a música clássica e o amabala – um estilo tipicamente senegalez.

Nascido na Calheta de São Miguel, Bob Mascarenhas despertou para a música aos 16 anos, na Aldeia SOS de Assomada, onde passou a infância e a adolescência, e recebeu lições do seu mestre e mentor Orlando Pantera.

 


© Sítio da CM de Santa Catarina 2020